Médicos querem código deontológico alterado para prática da IVG

Declarações proferidas na conferência internacional sobre a saúde sexual e reprodutiva

17 outubro 2006
  |  Partilhar:

 

O director da Maternidade Alfredo da Costa, Jorge Branco, incentivou a Ordem dos Médicos a alterar o actual código deontológico da profissão para acolher a prática da Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG).
 

 

"É impensável que a Ordem tenha uma posição dissonante das leis do Estado", afirmou este clínico, que é também presidente da Comissão Nacional de Saúde Materna e Neonatal. Uma posição também defendida pelo médico Albino Aroso, ex-secretário de Estado do PSD, este ano galardoado com o Prémio Nacional de Saúde.
 

 

Albino Aroso e Jorge Branco respondiam assim às questões dos jornalistas, colocadas na conferência internacional sobre a saúde sexual e reprodutiva da mulher, que teve lugar segunda-feira, no CCB, em Lisboa.
 

 

Fonte: Diário de Notícias
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.