Médicos Hospital de Faro fazem greve às horas extraordinárias a partir 1 Abril
09 março 2002
  |  Partilhar:

Os médicos do Hospital Distrital de Faro (HDF) iniciam a
 

01 de Abril uma greve a todas as horas extraordinárias, que se prolonga até final do ano, disse à Lusa fonte sindical.
 

 

De acordo com o Sindicato Independente dos Médicos (SIM),
 

a paralisação - que abrange os médicos de todos os serviços de saúde do HDF - visa exigir o pagamento imediato das horas
 

extraordinárias aos clínicos em tempo completo, segundo a tabela para as 42 horas em exclusividade.
 

 

Segundo o pré-aviso de greve, a paralisação visa exigir
 

ainda o cumprimento integral de uma circular informativa que
 

refere que "o trabalho no dia de descanso semanal, domingos e feriados dá direito ao gozo de descanso nos oito dias seguintes, sem necessidade de repor horário e sem desconto do dia em termos remuneratórios".
 

 

Serão garantidos, no entanto, os serviços mínimos,
 

designadamente ao nível do banco de urgência e unidades de
 

cuidados intensivos, assim como na hemodiálise e nas doenças do foro oncológico.
 

Fonte: Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.