Médicos enumeram perigos da Hormona do Crescimento como terapia anti-envelhecimento

Estudo publicado no JAMA

30 janeiro 2007
  |  Partilhar:

 

Nada demonstra que as hormonas do crescimento detenham o envelhecimento ou estimulem a libido, aliás, segundo um estudo divulgado no Journal of the American Medical Association (JAMA), o seu uso pode desencadear graves problemas de saúde.
 

 

Estas hormonas, com venda apenas através de receita médica, podem apresentar efeitos secundários, como inchaço das articulações acompanhado de dores e tendinite, assim como uma tendência ao aumento de casos de Diabetes, apontam os cientistas.
 

 

"Não há absolutamente nenhum dado que permita pensar que o facto de dar hormonas do crescimento a uma pessoa em bom estado de saúde vá permitir que viva mais tempo", afirma o médico que lidera o estudo, Hau Liu, do serviço de Endocrinologia da Faculdade de Medicina da Stanford University, Califórnia, acrescentando que, ao invés, “o seu uso traz riscos importantes devido aos potenciais efeitos secundários".
 

 

Entre 20 a 30 mil norte-americanos utilizaram esse tipo de hormona como terapia contra o envelhecimento em 2004, o que representa um consumo dez vezes mais elevado que nos anos 90, segundo outro estudo publicado em 2005 pelo JAMA.
 

 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.