Médicos do Norte retiraram ameaça de greve

Administração Regional de Saúde aceitou receber representantes

07 janeiro 2004
  |  Partilhar:

Os médicos dos hospitais de Santo António (Porto), Santo Tirso, Famalicão e Amarante retiraram a ameaça de greve depois da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte ter aceite na terça- feira receber os seus representantes.Carlos Santos, do Sindicato Independente dos Médicos (SIM), disse terça-feira de manhã à Agência Lusa que os médicos daqueles quatro hospitais estavam dispostos a avançar para uma greve de protesto contra os atrasos de dois anos no pagamento de horas extraordinárias.Contudo, ao fim da tarde, Carlos Santos revelou à agência Lusa que a ARS/Norte agendou para as 15:30 de quarta-feira uma primeira reunião com a direcção do Hospital Santo António e delegados sindicais, o que levou os médicos a desistirem, para já, da possibilidade de paralisarem.Depois desta, serão agendadas novas reuniões para analisar os casos dos hospitais de Santo Tirso, Famalicão e Amarante. Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.