Médicos do Norte acusam ministro de não conhecer hospitais
27 setembro 2001
  |  Partilhar:

A Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos acusou ontem o ministro da Saúde de não conhecer os hospitais, e de ser a última pessoa a saber se as horas extraordinárias para médicos e enfermeiros se justificam ou não.
 

 

Em comunicado, a ordem respondia assim a notícias alusivas à visita recente de Correia de Campos ao Hospital de S. João, Porto, onde teria afirmado que alguns médicos dão parte de doente para irem trabalhar no sector privado, e dizendo ainda não perceber o acréscimo de pagamento em horas extraordinárias.
 

 

Para o sindicato - que refere que o Hospital de S. João é dos mais produtivos - o pagamento de horas extraordinárias decorre da necessidade de médicos e enfermeiros realizarem o seu trabalho, uma vez que o quadro de médicos e de enfermeiros é exíguo.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar