Médicos de família com capacidade esgotada

Escassez e envelhecimento de especialistas preocupa classe

12 dezembro 2007
  |  Partilhar:

 

Quase um milhão de portugueses não tem médico assistente, segundo dados recentes da Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral (APMCG).
 

 

“Nos distritos de Setúbal, Braga e Porto, a capacidade dos médicos de família está esgotada. Por isso, muitos cidadãos não o têm. Penso que há um mau planeamento do Ministério da Saúde”, afirmou Eduardo Mendes, vice-presidente da APMCG.
 

 

Os clínicos gerais acreditam que os maiores problemas vão surgir entre 2012 e 2015, quando muitos especialistas se jubilarem: “Se não houver renovação de quadros, o cenário pode ficar difícil e vamos deparar-nos com uma escassez de médicos a nível nacional. No entanto, temos centenas de estudantes portugueses a receber formação no estrangeiro. É uma incógnita porque não sabemos que especialidades vão escolher”, adianta Eduardo Mendes.
 

 

Fonte: Correio da Manhã
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.