Medicina ficou mais pobre: morreu Peter Safar

O inventor da "respiração boca a boca" morreu aos 79 anos

05 agosto 2003
  |  Partilhar:

 

Peter Safar faz parte do leque de seres humanos que nasceram para deixar grandes marcas no mundo terrestre.
 

 

Peter Safar, o médico que inventou a técnica de reanimação conhecida como "respiração boca a boca", aos 79 anos deixou de respirar e partiu em direcção a outros mundos.
 

 

Só depois da II Guerra Mundial e de ter sobrevivido aos trabalhos forçados de um campo de concentração nazi, Peter Safar dedicou-se ao mundo da medicina e acabou por se especializar em três vertentes: patologia, oncologia e cirurgia, pela universidade de Viena.
 

 

O ano de 1956 ficou marcado para Peter Safar como o ano que penetrou o campo da investigação. Começou por investigar a reanimação cardiopulmunar e terminou inventado um dos “beijos” que ainda hoje é muito utilizado em situações de emergência e que tem o nome de "respiração boca a boca" e que muita gente teima em chamar, como noticia hoje o Jornal de Noticias, o "beijo da vida".
 

 

Peter Safar ficará ainda para a história, como o médico/criador da primeira Unidade de Cuidados Intensivos – UCI.
 

 

Da vida de Peter fazem ainda parte os livros. Para lermos e relermos, Safar escreveu mais de 30 livros, entre eles um de aforismos com o título "Regras de Peter para Navegar Nesta Vida". Entre elas está uma que nos faz fechar os olhos e deixar que tudo aconteça: "quando estás sobre uma fina capa de gelo, baila".
 

 

É caso para se dizer: morreu a matéria, mas a obra permanecerá …. para sempre … onde foi mesmo que ouvi isto??!!
 

 

Fonte: JN
 

 

Adriana José Oliveira
 

MNI – Médicos Na Internet

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.