Medicina da Universidade do Porto no topo das faculdades "mais exigentes"

18,52 foi a nota do último colocado no curso

14 setembro 2010
  |  Partilhar:

A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) voltou este ano a liderar a classificação das faculdades portuguesas "mais exigentes", ao apresentar uma nota mínima de 18,52 valores, a marca mais elevada do país.

 

Em comunicado enviado à imprensa, a Faculdade de Medicina do Porto refere que a nota mínima de entrada subiu ligeiramente em relação a 2009, tendo o último aluno entrado no ano transacto com 18,37 valores.

 

José Agostinho Marques, director da FMUP, considera que “estas notas reflectem a preferência dos candidatos portugueses pelos cursos de Medicina e, em particular, pela FMUP”, acrescentando ser a “qualidade do nosso ensino e da nossa investigação e a diferenciação dos nossos professores que garantem estes resultados”.

 

A FMUP disponibilizou, este ano, 245 vagas pelo contingente geral. A essas vagas somam-se os lugares destinados a contingentes e concursos especiais, num total de mais de 300 novos estudantes.

 

Acolhendo um número de alunos muito superior à capacidade das suas instalações, a FMUP “tem mantido, mesmo assim, o seu elevado patamar de qualidade e exigência”, sustenta Agostinho Marques, referindo que em Março de 2011 será inaugurado um novo edifício.

 

Os novos estudantes podem inscrever-se durante a próxima semana. Entre os dias 20 e 24 serão recebidos com as tradicionais actividades de acolhimento, mas também com sessões formativas sobre a Adaptação à Transição para o Ensino Superior, Competências de Estudo em Medicina e um Curso de Suporte Básico de Vida.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.