Medicamentos voltam a ter preço na embalagem

Diploma publicado no “Diário da República”

20 junho 2011
  |  Partilhar:

Os medicamentos vão voltar a ter o preço de venda ao público nas embalagens, segundo um diploma publicado, na semana passada, em Diário da República, que dá 60 dias às farmácias para escoarem os fármacos sem preço, refere uma notícia veiculada pela agência Lusa.

 

De acordo com a mesma fonte noticiosa, “a legislação publicada define que as embalagens sem indicação de preço de venda ao público (PVP) que já estejam colocadas nos distribuidores podem ser escoadas no prazo máximo de 30 dias”. As que estejam nas farmácias têm um prazo de 60 dias.

 

Em Outubro do ano passado, um decreto-lei do Governo veio permitir a eliminação da indicação do PVP, nos casos dos medicamentos comparticipados sujeitos a receita médica. Contra esta medida, a oposição parlamentar decidiu repor a necessidade de recolocação do preço.

 

A indústria farmacêutica tem-se manifestado contra a reposição do preço nas embalagens dos fármacos, considerando-a uma medida demagógica, e por considerar que a operação de colocar os preços é um "pesadelo logístico".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar