Medicamentos para a acidez gástrica podem aumentar risco de pneumonia

Estudo publicado no “Canadian Medical Association Journal”

27 dezembro 2010
  |  Partilhar:

Os medicamentos para o refluxo gástrico (comummente conhecido por azia), como os inibidores da bomba de protões e os antagonistas do receptor de histamina-2, podem aumentar o risco de pneumonia, revela um estudo publicado no “Canadian Medical Association Journal” (CMAJ).

 

Estudos anteriores já tinham relacionado os medicamentos para a azia com um risco aumentado de pneumonia, contudo, muitas investigações chegaram a dados contraditórios.

 

Neste estudo, investigadores da Universidade Nacional de Seul, na Coreia, liderados por Sang Min Park, analisaram dados de 31 estudos, sobre esta classe de medicamentos, publicados entre 1985 e 2009. Esta meta-análise combinou os resultados de oito estudos observacionais em que se constatou que os inibidores da bomba de protões aumentavam o risco de desenvolver pneumonia em 27% e, numa análise de 23 estudos controlados foi verificado que os bloqueadores histamina-2 causaram um aumento de 22% na probabilidade de adquirir pneumonia no hospital.

 

Os pacientes hospitalizados recebem frequentemente medicamentos para suprimir o ácido gástrico. Estudos mostram que eles são prescritos entre 40 a 60% dos pacientes hospitalizados. Os autores sugerem que estes medicamentos podem ser, de facto, a causa da pneumonia adquirida no hospital.

 

Segundo os cientistas, a razão mais plausível para isto acontecer prende-se ao facto de, ao suprimir-se o ácido do estômago, que serve de barreira para controlar bactérias, estas entrem no organismo, se multipliquem e atinjam os pulmões.

 

A agravar este problema está o facto, segundo reforçam os cientistas, de muitos pacientes regressarem a casa, depois da alta hospitalar, e continuarem a fazer a medicação para a acidez gástrica, “talvez de um modo desnecessário”.  Contudo, muitos especialistas chamam à atenção para o facto de o refluxo gástrico ser uma condição dolorosa e desconfortável e também poder, por si só, causar inflamação das vias aéreas e dos brônquios.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.