Medicamentos contra colesterol reduzem risco de cancro

Estaninas são as responsáveis

24 maio 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

Os medicamentos habitualmente usados para baixar o colesterol podem também reduzir, em mais de metade, o risco de contrair alguns tipos de cancro, indicam estudos apresentados em Chicago, estado do Illinois, Estados Unidos.
 

 

Segundo estes trabalhos, apresentados na «Semana das Doenças Digestivas», os fármacos à base de estatinas (um tipo de proteínas), receitados para baixar os níveis de colesterol e evitar doenças cardíacas, podem reduzir em mais de metade as probabilidades de sofrer cancro do esófago e do pâncreas.
 

 

Os estudos foram realizados com dados de ex-militares norte- americanos entre Outubro de 1988 e Junho de 2004. Os investigadores concluíram que o consumo de estatinas está associado a uma redução de 59 por cento do risco de contrair cancro do pâncreas, e de 56 por cento no caso de cancro do esófago.
 

 

Embora os peritos considerem necessário aprofundar a investigação, um dos autores do estudo, Vikas Khurana, disse esperar que a comunidade médica continue a analisar as estatinas e os seus potenciais benefícios na prevenção do cancro.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.