Medicamentos: Consumo de cada português subiu...

...mas despesa do Estado desceu

07 fevereiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

O consumo de medicamentos por cada português subiu quatro por cento nos últimos três anos, mas os encargos do Estado com fármacos baixou 0,6 por cento no mesmo período, segundo dados divulgados na semana passada.
 

 

De acordo com a informação apresentada na Conferência Anual do Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (Infarmed), os encargos do Estado com medicamentos no âmbito do Serviço Nacional de Saúde (SNS) passaram de 23,9 por cento para 23,3 por cento. Já cada português gasta actualmente 299,77 euros em medicamentos, contra os 288,04 euros que gastava em Janeiro de 2002.
 

 

No âmbito do Plano Nacional de Saúde, as metas estabelecidas para o sector indicam que, em 2010, os gastos de cada português em medicamentos se situe entre os 364,88 euros e os 394,20 euros (mais três a quatro por cento do que o valor actual), enquanto a despesa do Estado no contexto do SNS desça para 19 por cento.
 

 

Os dados apresentados indicam também que se assistiu, desde o início de 2002 até Janeiro deste ano, a uma diminuição, ainda que ligeira (de 14 para 13 por cento), no consumo de antibióticos, nomeadamente de quinolonas, nas quais Portugal regista uma utilização demasiado elevada comparativamente a outros países europeus.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.