Medicamento proibido em Espanha vendido em Portugal

Espanholas querem levar laboratório a tribunal e reclamam indemnizações

05 fevereiro 2006
  |  Partilhar:

 

O medicamento Agreal, cujo princípio activo é a veraliprida, e que é recomendado para as perturbações da menopausa foi proibido em Espanha há mais de sete meses por suspeitas de danos neurológicos e psiquiátricos, continua à venda em Portugal.
 

 

Na base da decisão está uma avaliação feita pela Agência Espanhola de Medicamentos e Produtos Sanitários, com origem em várias queixas de reacções adversas provocadas pelo tratamento - como depressão ou ansiedade, tremores, transtorno da mobilidade, "algumas delas graves".
 

 

Em Portugal, o Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (INFARMED) está a ponderar a relação risco-benefício da utilização do Agreal, "com base na informação disponível e tendo em consideração as alternativas" de tratamento. No entanto, segundo especialistas, existem outros fármacos do mesmo grupo que são usados para tratar os sintomas da menopausa, apesar de não estarem especificamente indicados para tal.
 

 

Fonte: Público
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.