Medicamento pode inverter efeitos da doença de Alzheimer

Resultados da investigação publicados na The Lancet

05 abril 2006
  |  Partilhar:

 

Um medicamento com o nome genérico de donepezilo pode inverter os efeitos da doença de Alzheimer nos pacientes mais gravemente afectados, segundo um estudo publicado pela revista médica britânica The Lancet.
 

 

O estudo foi realizado por médicos do prestigioso Instituto Karolinska, da Suécia, que compararam o efeito do donepezilo (disponível em Portugal) em 99 pacientes a quem foi administrado o fármaco durante seis meses e noutros 95 tratados só com um placebo. Todos sofriam de demência severa, uma condição que afecta um em cada cinco doentes de Alzheimer.
 

 

"O nosso estudo demonstra que o donepezilo pode melhorar as faculdades cognitivas e conservar essas funções nos pacientes afectados por Alzheimer grave", afirmam os autores do estudo.
 

 

Uma preocupação dos estudiosos de Alzheimer é que os tratamentos com fármacos podem permitir a sobrevivência do paciente num estado de demência e prolongar assim desnecessariamente o seu sofrimento.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.