Medicamento para a leucemia pode recuperar a cor de cabelos grisalhos

Investigadores descrevem como «um misterioso efeito secundário»

18 agosto 2002
  |  Partilhar:

Uma droga que é usada para tratar a forma adulta da leucemia pode restabelecer a cor original de cabelos grisalhos, afirmou recentemente uma equipa de médicos franceses.
 

 

De 133 pessoas tratadas com o medicamento, desenvolvido e comercializado pelo laboratório suíço Novartis, cinco homens e quatro mulheres com cabelos grisalhos recuperaram a cor natural, preto.
 

 

Os médicos, liderados por Gabriel Etienne, da Universidade Victor Segalen, em Bordeaux, descreveram a descoberta como um «mistério». Numa uma carta publicada na edição do New England Journal of Medicine, a equipa lançava um apelo para quem tenha sentido os mesmos efeitos secundários.
 

 

Em declarações à Reuters, François-Xavier Mahon, um dos investigadores da equipa, disse que a taxa de pessoas que obtiveram a cor original pode ser maior do que o nível verificado. Isto porque, refere o médico, muitos pacientes, particularmente do sexo feminino, tinham pintado o cabelo, o que dificultou o trabalho da equipa para determinar quantas pessoas poderiam ter apresentado a mudança.
 

 

O processo de restabelecimento da cor normalmente levou cerca de cinco meses, embora em apenas um paciente ela tenha voltado após 14 meses de terapia.
 

 

Mahon afirmou que as pessoas não devem tomar o medicamento para restabelecer a cor natural do cabelo. Mas acrescentou que estão a ser efectuados estudos laboratoriais para analisar esse surpreendente efeito secundário.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.