Medicação para crianças hiperactivas

Fármaco chega a Portugal em Agosto

17 julho 2003
  |  Partilhar:

A partir do próximo mês, a medicamentação para crianças hiperactivas vai estar disponível nas farmácias comuns e sujeita a comparticipação. Até agora, os fármacos que estimulam o sistema nervoso central, a que estas crianças são obrigadas a recorrer diariamente, apenas se podiam encontrar nas farmácias hospitalares, muitas vezes sujeitas a rupturas de stock.
 

 

A oferta é feita através de um novo medicamento, o Concerta XL que vem substituir as substâncias como o metilfenidato (administradas três vezes ao dia), que até ao momento não dispunham de alternativa terapêutica. Esta é a primeira formulação de uma única toma diária, que proporciona o controlo de sintomas por um período de doze horas às crianças que sofrem de Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA).
 

 

Esta é uma doença comportamental que, estima-se, afecta entre 5 e 10 por cento das crianças em idade escolar e entre os seus principais sintomas incluem-se a desatenção, a hiperactividade e a impulsividade. Calcula-se que aproximadamente cinquenta por cento das crianças com PHDA sofrerão desta doença durante toda a sua vida adulta.
 

 

Fonte: Diário de Notícias
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.