Mecanismo envolvido na falha de comunicação entre células cardíacas foi desvendado

Estudo publicado na “Molecular Biology of the Cell”

23 maio 2012
  |  Partilhar:

Um novo mecanismo responsável por falhas de comunicação entre células do coração, que pode estar na origem das doenças cardíacas foi identificado por investigadores da Universidade de Coimbra (UC).

 

O estudo publicado na revista “Molecular Biology of the Cell” dá conta como um mecanismo que leva à diminuição ou falta de comunicação entre as células, desregula o normal batimento cardíaco que e pode ter implicações importantes no desenvolvimento de doenças, como a insuficiência cardíaca e enfarte agudo do miocárdio.

 

O estudo, liderado por Henrique Girão, demonstrou que a ubiquitina assume o papel principal na degradação da conexina43 (Cx43), a proteína que assegura a comunicação rápida e eficaz entre a maioria das células, contribuindo para o normal funcionamento de órgãos e tecidos”, refere uma nota da UC, ao qual a agência Lusa teve acesso.

 

“Trata-se de proteínas muito importantes no coração, são como que canais que permitem a comunicação eficiente entre as diferentes células do coração, o que é importante para que ele bata de forma regulada e controlada”, revelou à agência Lusa o investigador.

 

No caso do coração, os canais de comunicação intercelular “asseguram a propagação rápida de um sinal que está na origem do batimento”, ou seja, as alterações nessa comunicação, mediada pela Cx43, poderão estar na origem de doenças cardíacas.

 

O que os investigadores da UC identificaram foi “o mecanismo responsável pela remoção da Cx43 da membrana das células, e posterior eliminação, resultando numa diminuição, ou ausência, da comunicação entre as células”.

 

Nesse sentido, “abre-se caminho para o desenvolvimento futuro de novas abordagens terapêuticas que previnam ou impeçam a eliminação destes canais de Conexina43” e, deste modo, assegurem uma correta comunicação entre as células, conclui Henrique Girão.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.