Maternidade a uma hora de distância de qualquer localidade é regra

Declarações do ministro da Saúde

21 junho 2012
  |  Partilhar:

A existência de uma maternidade a uma hora de distância de qualquer localidade vai ser uma “regra” para manter, assegurou o ministro da Saúde, Paulo Macedo.

 

“Há uma recomendação expressa na carta [Hospitalar Materna, da Criança e do Adolescente] de que não deixe de haver nenhuma maternidade a menos de uma hora de qualquer localidade. Isso será uma regra que nós manteremos”, revelou à agência Lusa o ministro Paulo Macedo.

 

“A prioridade junto das maternidades é agir dentro dos grandes centros, e não é irmos encerrar maternidades em termos adicionais, em distritos que não têm outro tipo de oferta”, explicou o ministro.

 

Paulo Macedo acrescentou, relativamente às maternidades, que há “um excesso de capacidade em todo o país”.

 

“Temos um excesso de capacidade que atinge as maiores proporções na grande Lisboa e à volta de Lisboa (…). O Amadora-Sintra podia fazer quase o dobro dos partos que está a fazer”, observou o ministro, referindo que outra “regra” futura é ir ao encontro dos “desperdícios em termos de capacidade e de aproveitamento dos hospitais, nos grandes centros”.

 

O presidente da Comissão Nacional de Saúde Materna, da Criança e do Adolescente, Bilhota Xavier, defendeu, na passada segunda-feira, a manutenção de algumas maternidades com menos de 1.500 partos por ano, principalmente nas zonas do interior do país.

 

Há maternidades que “têm de continuar a existir para servir as comunidades”, revelou Bilhota Xavier, que preside a comissão responsável pela elaboração do documento que pretende ser “um contributo para consolidar e, se possível, melhorar os excelentes resultados obtidos na área da saúde materna e pediátrica em Portugal, nos últimos 20 anos”.

 

A Organização Mundial de Saúde recomenda o encerramento dos blocos de partos com menos de 1.500 nascimentos por ano. Em Portugal, nos últimos 20 anos, já foram encerrados cerca de 140.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.