Mascar pastilha facilita recuperação em operações intestinais

Estudo publicado na revista Archives of Surgery

24 fevereiro 2006
  |  Partilhar:

 

Mascar pastilha elástica depois de uma operação intestinal pode ajudar a reactivar os intestinos paralisados e contribuir para que os pacientes possam sair mais cedo do hospital, segundo um estudo norte-americano.
 

 

De acordo com um trabalho, publicado na revista "Archives of Surgery", mastigar pastilha elástica estimula nervos que favorecem a emissão de hormonas responsáveis por activar o sistema gastrointestinal, garante Rob Schuster, autor do estudo e membro do Santa Barbara Cottage Hospital da Califórnia, nos Estados Unidos da América.
 

 

Dezassete dos 34 pacientes que começaram a mascar pastilha elástica algumas horas depois da intervenção cirúrgica eliminaram os gases acumulados antes dos que não mascaram pastilha e tiveram os primeiros movimentos de ventre numa média de 63 horas depois da cirurgia, comparando com as 89 horas para os restantes. Além disso, os que mascaram pastilha saíram do hospital cerca de quatro dias depois da operação, contrariamente ao resto do grupo, que só saiu perto de seis dias depois, reduzindo também o risco de complicações cirúrgicas. Todos os pacientes que participaram no estudo sofrem de cancro e foi-lhes retirada uma parte do intestino grosso devido a uma infecção crónica.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.