Margarinas podem ser uma das causas do aumento de asma nas crianças

Margarinas com alto teor de polinsaturados podem estar na origem do aumento de casos de asma nos países desenvolvidos

18 julho 2001
  |  Partilhar:

Um estudo sugere que o aumento no consumo de margarinas ricas em gorduras polinsaturadas pode ser uma das causas do aumento da incidência de asma nas crianças. O número de casos de asma em crianças quase duplicou nos últimos dez anos nos países desenvolvidos.
 

 

No entanto os cientistas advertem que estas conclusões são ainda preliminares e muitos estudos têm ainda de ser feitos para confirmá-las. Por isso avisam que as crianças não devem alterar as suas dietas imediatamente, uma vez que não sabem se isso iria ou não diminuir a incidência e severidade da asma. Eles acreditam que o aumento dos casos de asma nas crianças nos países desenvolvidos é devido a uma combinação de factores, e nunca a um só, podendo ser o aumento da ingestão de gorduras polinsaturadas um deles.
 

 

A fisiologia desta possível relação passa pelo facto das gorduras polinsaturadas conterem níveis elevados de ácidos gordos ómega-6, que induzem a produção de Prostaglandina E2, um composto que provoca inflamação nos tecidos. Este aumento de inflamação está relacionada com a asma. Uma dieta com alto teor destas gorduras leva a um menor consumo de ácidos gordos ómega-3 que, por seu lado, inibem a produção da Prostaglandina E2 e que, portanto, protege do processo inflamatório.
 

 

As margarinas e óleos vegetais ricos em polinsaturados tornaram-se populares devido ao facto de se pensar prevenirem doenças do coração.
 

 

A equipa australiana avaliou os hábitos alimentares e historial clínico de mais de 1000 crianças da zona rural da Austrália. Com surpresa, os investigadores constataram que o consumo elevado de gorduras polinsaturadas mais que duplicava a probabilidade de ocorrência de asma nas crianças. Os investigadores estimam que, baseados nos resultados obtidos, cerca de 17% dos casos de asma nas crianças são devidos ao consumo elevado de gorduras polinsaturadas.
 

 

Helder Cunha Pereira
 

MNI – Médicos Na Internet
 

 

Fonte: New Scientist
 

 

Comente esta notícia nos nossos fóruns

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar