Manuel Antunes ameaça demitir-se

Administração do hospital propõe alteração de equipa

27 maio 2009
  |  Partilhar:

O director do serviço de Cirurgia Cardiotorácica dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), Manuel Antunes, pondera demitir-se caso a administração do hospital altere a sua equipa.

 

Esta tomada de decisão acontece na sequência de uma proposta da administração de redução de 42 para 35 das horas de trabalho semanal de alguns dos enfermeiros e outros profissionais da equipa de Manuel Antunes. A administração do hospital propõe-se a contratar outros profissionais para compensar as horas em falta.

 

“Isto teria um impacto devastador na qualidade e eficiência do Centro, não consigo gerir um serviço desta maneira”, acrescentou Manuel Antunes, classificando a decisão da administração como uma “medida economicista”.

 

De acordo com o cirurgião cardíaco, a administração do hospital “alega que estes profissionais, que se foram diferenciando, têm agora um preço mais caro e que, ao contratar novos, cumpre a sua função social”. No entanto, Manuel Antunes, alega que a administração do hospital está a “querer trocar experiência por inexperiência, qualidade por qualidade duvidosa, dedicação por ponto de interrogação”.

 

De acordo com declarações à agência Lusa, Manuel Antunes espera que “o conselho de administração reveja a sua posição”. Caso contrário, afirma, irá instaurar “uma situação difícil para os dois lados”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.