"Manual de Boas Práticas na Asma" para os profissionais de saúde apresentado ontem

Asma afecta 600 mil doentes em Portugal

21 fevereiro 2002
  |  Partilhar:

O "Manual de Boas Práticas na Asma", ontem apresentado pela Direcção-Geral de Saúde (DGS), destina-se a auxiliar os profissionais de saúde na abordagem desta doença. Em Portugal a doença afecta 600 mil pessoas, ou seja, um em cada 15 portugueses, com especial incidência no grupo etário entre os seis e os 14 anos. O documento surge no contexto do Programa Nacional de Controlo da Asma, o qual foi criado com o objectivo de "reduzir, em Portugal, a prevalência, morbilidade e mortalidade por asma e melhorar a qualidade de vida e o bem-estar do doente asmático".  

 

Na introdução ao manual, segundo a Lusa, explica-se que estas normas serão "actualizadas sempre que o consenso científico recomende a abordagem de aspectos mais específicos" da doença. Segundo o documento, "os recursos locais e os comportamentos individuais do profissional de saúde determinam o modo como vão ser aplicadas as presentes normas de boas práticas". "É, assim, determinante a forma como o profissional de saúde avalia a prevalência e custos da asma na sua comunidade, considera o custo da medicação, dos cuidados assistenciais e da asma não controlada, como, por exemplo, hospitalizações, perda de produtividade, absentismo escolar ou laboral, perturbações familiares e baixa qualidade de vida", lê-se no documento.  

 

Veja mais no: Público  

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.