Manter relações saudáveis: pensar no futuro pode ajudar a resolver conflitos

Estudo publicado na “Social Psychological and Personality Science”

08 agosto 2016
  |  Partilhar:
Pensar acerca do futuro ajuda a superar conflitos nas relações, de acordo com um estudo da Universidade de Waterloo, no Reino Unido, e publicado na revista científica “Social Psychological and Personality Science”.
 
De acordo com Alex Huynh, líder do estudo, quando um casal discute, cada elemento tende a utilizar os seus sentimentos atuais como combustível para uma discussão acalorada. “Ao perspetivarem a sua relação no futuro, as pessoas podem mudar o foco dos seus sentimentos atuais e mitigar conflitos”, adianta o cientista, no comunicado da universidade britânica.
 
Estudos anteriores, nomeadamente de Igor Grossman, outro dos autores do estudo, sugerem que os indivíduos conseguem raciocinar melhor sobre assuntos como a infidelidade quando são solicitados a fazê-lo de uma perspetiva de uma terceira pessoa. Huynh e colegas da Universidade de Waterloo e da Universidade de Yale, nos EUA, investigaram então se seria possível induzir benefícios semelhantes, ao nível do raciocínio e do bem-estar da relação, fazendo com que os indivíduos se colocassem num outra posição e perspetivassem o futuro.
 
Os cientistas solicitaram aos participantes que pensassem sobre um conflito recente com o seu parceiro ou amigo próximo. Um grupo de participantes descreveu os seus sentimentos acerca do conflito dali a um ano, enquanto o outro descreveu os seus sentimentos no presente.
 
A equipa de investigadores analisou as respostas escritas dos participantes através de um programa de análise de texto para detetar o uso de pronomes – como “eu”, “ele”, “ela”, “mim”. A escolha dos pronomes teve como objetivo captar o foco dos participantes nos sentimentos e comportamentos daqueles envolvidos no conflito. As respostas escritas foram também analisadas para detetar estratégias de raciocínio benéficas, tais como perdão e reinterpretação mais positiva do conflito.
 
Os cientistas descobriram que pensar no futuro afetava tanto o foco dos indivíduos nos seus sentimentos, assim como as suas estratégias de raciocínio. Em resultado disso, os participantes relataram maior positividade sobre a sua relação no geral. Em particular, quando os participantes alargaram o seu raciocínio acerca da sua relação dali a um ano, foram capazes de demonstrar maior perdão e de reinterpretar o acontecimento de uma forma mais razoável e a uma luz mais positiva.
 
A forma como as pessoas respondem aos conflitos é essencial para a manutenção das relações, referem os autores do estudo.
 
“O nosso estudo demonstra que adotar uma perspetiva orientada para o futuro no contexto de um conflito na relação – refletindo sobre o que alguém poderá sentir daqui a um ano – poderá ser uma ferramenta importante para a felicidade psicológica e bem-estar da relação de uma pessoa”, diz Huynh.
 
Segundo os autores, este estudo poderá ter implicações para compreender de que forma pensar no futuro poderá ser uma estratégia benéfica para uma variedade de conflitos existentes no dia-a-dia.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.