Mantém-se alerta de pandemia de gripe

Decisão da Organização Mundial de Saúde

07 junho 2010
  |  Partilhar:

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na semana passada que mantém o alerta de pandemia da gripe A (H1N1), um ano após a sua entrada em vigor e a adopção de medidas para evitar a propagação da doença.

 

Segundo o Comité de Emergência da OMS, "numa perspectiva global, ainda que a pandemia continue, o período mais intenso de actividade parece já ter passado em muitas partes do mundo." No entanto, "continua a ser fundamental que os países mantenham a vigilância sobre a pandemia."

 

Assim, e após análise das recomendações dos cientistas, a directora-geral da OMS, Margaret Chan, anunciou que a organização decidiu não levantar o alerta e convocar uma nova reunião do Comité de Emergência para o mês de Julho, "quando estarão disponíveis as informações sobre a situação da gripe no hemisfério Sul (época do Inverno na região) ".

 

Apesar de, no início da pandemia, se recear um cenário devastador, com o passar dos meses, confirmou-se que, globalmente, o vírus teve consequências moderadas e que a sua taxa de mortalidade foi ainda menor do que a da gripe sazonal. O vírus H1N1 provocou cerca de 18 mil mortos, confirmados em testes de laboratório, em pouco mais de treze meses, enquanto a gripe sazonal causa cerca de 500 mil mortes anuais.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.