Manipulação genética devolve pêlo a ratinho careca

Mais uma esperança no combate à calvície

19 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Investigadores norte-americanos conseguiram transformar um ratinho careca em peludo, através da correcção de mutações genéticas do animal. O artigo vem publicado na revista norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences.
 

 

As mutações neste gene, identificado em 1998 e, desde aí, conhecido por gene careca, fazem que a produção de uma proteína essencial para que o cabelo cresça seja inibida. Nos casos mais graves, estas mutações provocam a ausência total de produção de pêlos. Substituindo este gene por um sem mutações, para que a produção da proteína fosse restabelecida, os cientistas conseguiram que o pêlo de um ratinho careca voltasse a crescer abundantemente.
 

 

No entanto, a equipa, do Johns Hopkins University e do Kennedy Krieger Institute, em Baltimore, diz que há uma variedade enorme de causas de calvície. As mutações neste gene específico são apenas uma delas, entre problemas hormonais e stress, por exemplo. A princípio, os indivíduos com estas mutações têm um crescimento normal do cabelo ou dos pêlos. Mas, assim que o cabelo começa a cair, a renovação é muito difícil, o que conduz à calvície completa em pouco tempo.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.