Malnutrição afecta sobretudo idosos

Estudo nacional sobre malnutrição

25 outubro 2010
  |  Partilhar:

Três em cada dez portugueses sofrem de malnutrição e, destes, apenas 21% tomam suplementos alimentares, revela um estudo que indica ainda serem os idosos os principais afectados por este problema.

 

O estudo nacional sobre malnutrição – nutriaction 2010 – faz um balanço dos últimos três anos em que aplicou o inquérito a farmácias, hospitais e instituições de 3ª idade para rastrear o índice de malnutrição dos portugueses.

 

Segundo Graça Raimundo, presidente da Associação Portuguesa de Dietistas, citada pela agência Lusa, o “grupo de idosos é muito vulnerável, porque estes são os que apresentam recursos económicos mais parcos”. O problema da malnutrição afecta também mais os idosos por outros factores: o isolamento social em que muitas vezes vivem, motivos psicológicos, défice físico, falta de apetite (a chamada anorexia da terceira idade) e a própria dificuldade que têm muitas vezes de ir às compras.

 

O grupo mais vulnerável em termos de malnutrição, a seguir aos idosos, é o dos doentes oncológicos, “que sofrem normalmente de uma anorexia bastante marcada, devido à dificuldade em se alimentar, agravada muitas vezes aos tratamentos a que estão sujeitos como a quimioterapia ou radioterapia”, adiantou a especialista.

 

Este estudo decorreu entre os meses de Março e Junho deste ano, com o apoio da Nutricia Advanced Medical Nutrition e parcerias com a European Nutrition for Health Alliance, a Associação Portuguesa de Nutrição Entérica e Parentérica e a Associação Portuguesa de Dietistas.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.