Malária pode tornar-se resistente a fármacos

Estudo lança alerta na revista Health Affairs

21 março 2006
  |  Partilhar:

 

Um estudo publicado na revista Health Affairs alerta para o risco de um "super-parasita" transmissor da malária e recomenda mais ajuda financeira para tratamentos médicos combinados, baseados no medicamento artemisinina.
 

 

Os autores da investigação avisam que se não se fizer este investimento, o parasita poderá tornar-se, até ao fim da década, resistente a todos os tratamentos conhecidos. Os peritos salientam que a artemisinina, até agora o medicamento mais eficaz contra a doença, poderá tornar-se ineficaz.
 

 

A artemisinina combinada com outros medicamentos tem sido um dos melhores tratamentos contra a malária, impedindo que o parasita ganhe resistência. Mas nos países tropicais sub-desenvolvidos, onde a doença se manifesta mais, não há dinheiro para financiar os tratamentos, sendo apenas usada a artemisinina.
 

 

A finalidade dos subsídios será tornar os tratamentos combinados tão baratos como os que só usam a artemisinina, permitindo uma diminuição da probabilidade de tornar a doença resistente e salvar milhares de vidas por ano.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.