Malária foi transmitida ao homem pelo chimpanzé

Estudo publicado no "Proceedings of the National Academy of Science"

06 agosto 2009
  |  Partilhar:

A malária, uma doença que afecta 500 milhões de pessoas por ano em todo o mundo, foi transmitida ao homem pelo chimpanzé, possivelmente através de um mosquito, revela um estudo publicado no “Proceedings of the National Academy of Science”.

 

Estudos anteriores já tinham descoberto semelhanças entre o parasita causador da doença nos humanos, o Plasmodium falciparum, e o parasita que afecta os chimpanzés, o Plasmodium reichenowi. No entanto, os cientistas pensavam que as duas estirpes tinham co-existido separadamente.

 

Contudo, os investigadores da University of Califórnia, nos EUA, após terem realizado análises genéticas de rotina a 94 amostras de sangue de chimpanzés selvagens, oriundos dos Camarões e da Costa do Marfim, descobriram que todas as estirpes do parasita que causam a malária nos humanos são o resultado de mutações genéticas que ocorreram numa estirpe de Plasmodium reichenowi.

 

Os cientistas acreditam que o veículo transmissor da doença entre o chimpanzé e o homem foi o mosquito e acham que a transmissão ocorreu num passado recente, porventura entre cinco mil e dois milhões de anos atrás.

 

Os investigadores liderados por Francisco Ayala acreditam que esta descoberta poderá contribuir para o desenvolvimento de uma vacina para a malária, a qual mata cerca de 1,5 milhões de pessoas por ano em todo o mundo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.