Mais duas falsas enfermeiras estrangeiras detidas em Lisboa

12 pessoas detectadas na mesma situação em menos de um ano

11 fevereiro 2003
  |  Partilhar:

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou na segunda-feira a detenção de mais duas estrangeiras a exercer irregularmente enfermagem, aumentando para 12 o número de pessoas detectadas nesta situação em menos de ano.
 

 

Presentes ao juiz de Instrução Criminal, as duas mulheres, de 30 e 42 anos, ficaram suspensas do exercício de funções, que desempenhavam em hospitais públicos depois de terem conseguido a falsificação da equiparação a cursos de enfermagem obtidos no estrangeiro.
 

 

Na sequência da investigação, foi detida no final de Junho do ano passado uma funcionária da Escola Superior de Enfermagem alegadamente responsável pela falsificação dos certificados, que está a aguardar julgamento em prisão preventiva.
 

 

As 12 pessoas que terão recorrido àquela funcionária para conseguirem as falsas equiparações são oriundas de países africanos de língua portuguesa, disse à Lusa fonte da PJ.
 

 

A passagem dos certificados seria obtida a troco de dinheiro e bens em valor que a investigação policial ainda não conseguiu apurar.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.