Mais de 200 crianças nascem surdas em Portugal todos os anos
30 outubro 2001
  |  Partilhar:

Duas a quatro crianças por cada mil nascem totalmente surdas em Portugal, revelou hoje a médica Luísa Monteiro, do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital de D. Estefânia, em Lisboa.
 

 

Tendo em conta que em Portugal nascem anualmente cerca de cem mil crianças, cifra-se entre 200 e 400 as que apresentam surdez total, adiantou a médica, frisando que a doença deve ser diagnosticada logo após o nascimento ou no fim de seis meses, para se aplicarem medidas correctivas.
 

 

A surdez com que estas crianças nascem não é minorada com a idade, pelo que exige tratamentos cirúrgicos e a implantação de próteses.
 

 

Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.