Maioria dos portugueses é contra adopção de crianças por homossexuais

Sondagem divulgada pelo jornal Público

08 março 2004
  |  Partilhar:

A maioria dos portugueses, 58 por cento, é contra a adopção de crianças por casais do mesmo sexo, defendida por apenas 29 por cento dos inquiridos, segundo uma sondagem divulgada esta segunda-feira pelo jornal Público.Relativamente à mesma questão, 13 por cento dos inquiridos não sabe ou não responde, indica ainda o resultado da consulta. Conforme recorda o jornal, a lei portuguesa não permite que os homossexuais se candidatem à adopção, autorizada em países como a pioneira Holanda e a Suécia.Ainda segundo a mesma sondagem, 66 por cento dos portugueses considera que os filhos de pais separados acabam por ter mais problemas psicológicos do que os outros, contra 23 por cento que acha que têm tantos problemas como os outros.Questionados sobre o que falta nos dias de hoje à educação que os pais estão a dar aos seus filhos, a «atenção» é referida por 47 por cento dos inquiridos, seguindo-se o «diálogo» (40), o «tempo» (35), a «disciplina» (25), a «formação moral» (21) e as «regras» (9).Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.