Maioria dos asmáticos tem doença controlada

Dados do primeiro Inquérito Nacional sobre a Asma

17 dezembro 2010
  |  Partilhar:

O primeiro Inquérito Nacional de Prevalência de Asma, promovido pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), dá conta que 57% das pessoas que sofrem de asma têm a doença controlada, com as principais variações a ocorrerem em função da classe socioeconómica.

 

Nesta primeira parte do estudo, o qual consistiu em entrevistas por telefone a 6.003 pessoas, foram identificados 695 asmáticos. Destes, 559 serviram de base ao inquérito nacional.

 

De acordo com uma notícia difundida pela agência Lusa, os responsáveis pelo estudo concluíram que das pessoas contactadas, a maior parte dos asmáticos encontra-se na classe média baixa (47,4%) e na classe baixa (16,5%). A percentagem de pessoas com asma não controlada situa-se nos 41%. É na classe mais baixa que se concentra a maior parte das pessoas que não têm a asma controlada (69,5%).

 

Mais de 60% dos inquiridos usou medicação para a asma nas quatro semanas prévias ao inquérito e 68% teve pelo menos uma consulta médica devido à doença. No entanto, 34% não consultou o médico por causa da doença no ano anterior ao estudo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.