Maior afluência às urgências em Lisboa e Cascais

Ministro considera "ocasional"

07 janeiro 2007
  |  Partilhar:

O ministro da Saúde, Correia de Campos, considerou "ocasional" a elevada afluência de doentes aos serviços de urgência dos hospitais de Cascais e de Santa Maria (em Lisboa) ao longo dos últimos dias.
 

 

"Trata-se de uma preocupação ocasional e não de carácter nacional", afirmou Correia de Campos, em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros.
 

 

Segundo o titular da pasta de Saúde, a maior afluência registada no acesso aos serviços de urgência dos hospitais de Cascais e de Santa Maria correspondeu "a um pico sazonal em razão de causas tão diversas como o clima ou o período de fim de férias".
 

 

"Gostaríamos que as unidades familiares de saúde já estivessem todas a funcionar em pleno, sobretudo, nas zonas de maior concentração populacional", adiantou o ministro.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.