Luz verde para a venda do primeiro “Viagra” feminino

Agência para a Alimentação e Medicamentos autoriza comercialização

20 agosto 2015
  |  Partilhar:

A Agência para a Alimentação e Medicamentos (FDA) norte-americana autorizou na terça-feira passada a comercialização do primeiro “Viagra” feminino.
 

O Flibanserin destina-se a mulheres que ainda não estejam na menopausa e tenham falta de desejo sexual.
 

De acordo com a notícia veiculada pela agência Lusa, a FDA, que rejeitou a comercialização do fármaco em 2010 e 2013, seguiu finalmente as recomendações de um comité consultivo de peritos que voltou em junho a recomendar a sua comercialização.
 

O Flibanserin, que tem por alvo mulheres que não estejam na menopausa, pode ter efeitos secundários significativos, incluindo náuseas, tonturas e sonolência.
 

As duas tentativas comercialização do fármaco falharam em 2010 e 2013, porque os especialistas descreveram as vantagens como inconclusivas.
 

De acordo com documentos presentes no sítio da FDA, as mulheres que tomaram Flibanserin relataram, em média, 4,4 encontros sexuais satisfatórios por mês, contra 3,7 das que tomaram um placebo (medicamento administrado com fins sugestivos).
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.