Luta à pobreza em Portugal sofre de desinteresse

Fraco nível de participação social e política, alerta rede europeia

16 outubro 2003
  |  Partilhar:

A Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal (REAPN) alertou sexta- feira que a luta contra a pobreza e a exclusão social tem esbarrado contra um relativo desinteresse colectivo e que só com «uma forte vontade política» será possível concretizá-la.No Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, a REAPN salienta, em comunicado, que «a desigualdade social e a democracia são incompatíveis» e lamenta o «fraco nível de participação e envolvimento de todos os actores sociais» na erradicação da exclusão e da miséria.Representante em Portugal da rede europeia contra a pobreza (European Anti-Poverty Network), que integra 15 redes nacionais e 23 organizações europeias, a REAPN promove sexta-feira um conjunto de iniciativas em todo o país, desde fóruns a exposições, para marcar este dia, proclamado pelas Nações Unidas em 1992.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.