Lotes de vacina contra a meningite suspensos no Reino Unido

INFARMED não recebeu ainda qualquer alerta europeu

04 março 2009
  |  Partilhar:

Dois lotes da vacina “Menjugate” contra a meningite C, do laboratório farmacêutico Novartis, foram retirados do mercado britânico por estarem contaminados com “Staphylococcus aureus”, uma bactéria letal, associada a infecções hospitalares.

 

Em declarações ao jornal “Diário de Notícias”, Luís Rocha, responsável pelos assuntos institucionais da Novartis, assegurou que, embora a vacina seja comercializada em Portugal, não existe nota de que os lotes contaminados tenham chegado ao nosso país.

 

Fonte do INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde), em declarações à mesma publicação, também garantiu não ter “recebido qualquer alerta europeu relacionado com a vacina” para além do ocorrido no Reino Unido, o que significa que os lotes com problemas não terão chegado a outros países.

 

De acordo com o jornal britânico “The Independent”, mais de 60 mil doses terão sido contaminadas, não se sabendo ao certo quantos bebés terão sido afectados, sendo que centenas ou milhares poderão ter recebido pelo menos uma dose do medicamento.

 

Segundo o laboratório, a contaminação terá surgido devido à ineficácia do solvente usado para esterilizar as embalagens.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.