Londres «aperta» doentes mentais

Clausura faz parte das medidas da proposta de Lei da Saúde

26 junho 2002
  |  Partilhar:

O governo britânico apresentou uma proposta de alteração da Lei de Saúde Mental, que inclui medidas tão radicais como enclausurar doentes mentais considerados perigosos, por tempo indefinido, mesmo que não tenham cometido qualquer perigo.
 

 

Esta proposta apresenta a mais profunda alteração à lei britânica de Saúde Mental nos últimos 40 anos. O documento propõe ainda que os doentes mentais graves devem receber tratamento compulsivo, encerrando um vazio legal que, até agora, permitia aos doentes com desordens de personalidade recusar tratamento, argumentando não terem cura.
 

 

O Departamento de Saúde do governo britânico assegurou que existem poucos doentes mentais candidatos ao internamento compulsivo e por período indefinido Nos últimos tempos têm crescido o número de incidentes com doentes mentais, envolvendo figuras públicas. O mais recente e notório foi o ataque ao falecido ex-Beatle George Harrison por um homem que dizia ser “um estrangeiro do Inferno”.
 

 

Fonte: Correio da Manhã
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar