Lisboetas insatisfeitos com a vida

Mais de metade dos habitantes das zonas urbanas não têm qualidade de vida

14 julho 2004
  |  Partilhar:

Mais de metade do habitantes da área da Grande Lisboa está insatisfeita com o local onde vive e gostaria de mudar para zonas de melhor dimensão e qualidade de vida, adianta uma sondagem publicada esta segunda-feira pelo Diário de Notícias. A sondagem, intitulada «Áreas Metropolitanas, Vivências, Mobilidades e Qualidade de Vida», revela que se não forem tomadas medidas de requalificação urbana, poderá surgir uma crise social a prazo.  Coordenado pela socióloga Luísa Schmidt, o estudo evidencia um «mal estar crescente», que atinge a maioria dos residentes dos bairros-dormitório de Lisboa, situação que é «grave e inquietante». A sondagem revela ainda que a perda diária de tempo e de energia nos transportes, bem como a poluição e o ruído são os aspectos que suscitam mais queixas por parte dos inquiridos.  Fonte: Diário de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar