Lipobay: Mais de mil pessoas podem estar a sofrer efeitos secundários

Bayer confirma números sobre vítimas do medicamento anticolesterol retirado do mercado

23 agosto 2001
  |  Partilhar:

Mais de mil e cem pessoas em todo o mundo podem estar a sofrer dos efeitos secundários causados pelo medicamento anticolesterol fabricado pela Bayer, o Baycol/Lipobay, retirado recentemente do mercado.
 

 

Segundo a edição de ontem do jornal alemão Handelsblatt, o gigante farmacêutico confirmou o relatório do Instituto Federal Alemão para Drogas e Produtos Médicos (BfArM) o qual indica cerca de mil e cem vítimas de atrofia muscular causada pelo fármaco. Mas, até ao momento, a Bayer não reagiu à notícia publicada pelo jornal financeiro.
 

 

A empresa farmacêutica anunciou, ontem de manhã, a recolha do Baycol do mercado japonês, depois das autoridades do Ministério da Saúde do Japão terem declararam que a genfibrozila estava a provocar problemas de saúde a alguns pacientes.
 

 

O efeito colateral do Baycol, que provoca degeneração muscular, foi particularmente notado, nos casos já registados, quando o paciente usava também a genfibrozila, um princípio activo usado para reduzir o colesterol.
 

 

A Bayer ainda não havia retirado o medicamento das farmácias japonesas com a alegação de que a genfibrozila não era comercializada no país.
 

 

Quando rebentou a polémica, há cerca de duas semanas, o gigante alemão afirmou não existir evidências que provassem a ligação entre o anticolesterol e as 52 mortes e que, por isso, não haveria a necessidade de se fazer previsões de risco para as acções colectivas contra a Bayer nos EUA.
 

 

Paula Pedro Martins
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

Fonte: Reuters
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.