Linha Saúde 24 vai atender crianças maltratadas

Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas vai formar enfermeiros

30 maio 2010
  |  Partilhar:

A Linha Saúde 24 vai em breve disponibilizar atendimento às famílias de crianças desaparecidas e de menores maltratados, abusados sexualmente ou vítimas de pedofilia, noticia a agência Lusa.

 

O mecanismo de apoio resulta de um protocolo de colaboração estabelecido entre a Direcção-Geral da Saúde e a Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas (APCD), organismo que será responsável pela formação dos enfermeiros e de agentes de linha.

 

A Linha Saúde 24, disponível todos os dias, 24 horas por dia, é um instrumento criado pelo Ministério da Saúde com o propósito de responder às necessidades dos cidadãos em matéria de saúde, disponibilizando a triagem, o aconselhamento e o encaminhamento em situação de doença, o aconselhamento terapêutico e a assistência em saúde pública.

 

A APCD é uma instituição particular de solidariedade social, que tem como objectivo principal apoiar as crianças desaparecidas e respectivas famílias, com prioridade às famílias com recursos mais escassos e em situação de particular vulnerabilidade.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.