Linha de emergência social 144 responde a partir de hoje
29 setembro 2001
  |  Partilhar:

A Linha de Emergência Social, 144, destinada a dar uma "resposta imediata" a situações de risco e de exclusão, entra hoje em funcionamento e conta para já com cerca de 120 técnicos dedicados exclusivamente ao projecto.
 

 

A partir das 18:00, pessoas em situações de emergência como crianças ou idosos abandonados e mulheres maltratadas passam a ter "imediatamente um local onde ficar quando estiverem numa situação de risco", disse à agência Lusa o secretário de Estado da Segurança Social.
 

 

Um "call-center" sedeado em Lisboa e constituído por psicólogos, juristas e assistentes sociais atenderá e fará a triagem das chamadas para o 144, accionando de seguida as equipas distritais de apoio e todos os mecanismos necessários a ajudar a pessoa em risco.
 

 

Integrada no conjunto de respostas do Plano Nacional de Acção para a Inclusão, o 144 tem como objectivo dar resposta imediata a qualquer cidadão em risco num qualquer ponto do território nacional e conta com o apoio, para acolhimento, de várias Organizações Não Governamentais como as Instituições Particulares de Solidariedade Social.
 

 

A funcionar 24 horas por dia, 365 dias por ano, o 144 está ligado em "rede e conjugação de esforços" com outras oito linhas de apoio social existentes no país como, por exemplo, o SOS grávida, SOS criança, ou serviço de informação a mulheres vítimas de violência.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.