Ligações cerebrais podem prever inteligência

Estudo publicado no “Journal of Neuroscience”

20 agosto 2012
  |  Partilhar:

A inteligência humana pode estar relacionada com a força das ligações entre o córtex pré-frontal lateral esquerdo e as restantes regiões do cérebro, sugere um estudo da University of St. Louis, nos EUA, publicado no “Journal of Neuroscience”.

 

“A nossa pesquisa revela que a ligação com uma determinada parte do córtex pré-frontal pode prever a inteligência de uma pessoa”, revela Michael Cole, líder do estudo, num comunicado de imprensa enviado pela University of St. Louis.

 

Os dados utilizados no estudo foram recolhidos através de TAC ao cérebro de indivíduos em descanso e, depois, em tarefas que exigiam esforço mental.

 

Todd Braver, coautor do estudo, sugere que “em parte, ser inteligente significa possuir um córtex pré-frontal que realiza bem as suas tarefas”, ou seja, “que consegue comunicar de forma eficaz com o resto do cérebro”.

 

Os cientistas acreditam que a região pré-frontal lateral do cérebro funciona como uma espécie de maestro numa orquestra que organiza as tarefas dos músicos ao longo da sinfonia.

 

“Existem provas de que o córtex pré-frontal lateral é a região do cérebro que se ‘lembra’ dos objetivos e instruções que nos ajudam a fazer o que é preciso quando estamos a realizar uma tarefa”, explica Cole. “Por isso, tem sentido que a comunicação eficaz entre esta região e outras – as que percecionam e as que realizam – nos ajude a realizar tarefas de forma inteligente”, conclui.

 

Estes novos dados poderão ajudar os cientistas a compreender melhor de que forma se quebram algumas ligações no cérebro quando as pessoas estão mentalmente doentes.

 

Embora o estudo tivesse encontrado uma relação entre a ligação com o córtex pré-frontal lateral e maior intelecto, não ficou necessariamente provada uma relação causa-efeito.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.