Lente de contacto mede diabetes

Investigadores criam novo teste para o nível de glicose no sangue

10 janeiro 2005
  |  Partilhar:

A vida dos pacientes de diabetes está cada vez mais facilitada. E ainda bem. Investigadores da Universidade de Pittsburgh têm vido a desenvolver uma inovadora lente de contacto, destinada a verificar a quantidade de glicose no corpo do utilizador. A lente é dotada de um sensor químico, que pode ser utilizada por qualquer diabético, inclusive aqueles que não necessitam de correcção na visão. «Se funcionar, poderia revolucionar a forma como os doentes controlam os seus níveis de glicose», assegurou Sanford Asher, professor de química da Universidade de Pittsburgh, que desenvolveu um sensor capaz de detectar glicose nas lágrimas dos seres humanos. A companhia CIBA Vision está elaborar uma lente de contacto de uso diário que poderá detectar os níveis de açúcar no sangue dos pacientes, de acordo com a porta-voz da empresa, Kristie Madara. O método consiste em lançar um raio de luz sobre a pupila do diabético, com o qual a lente mudaria de cor segundo o nível de açúcar no sangue. «Realizamos um pequeno estudo para medir a possibilidade de se determinar a glicose nas lágrimas», explicou Madara às agências internacionais. «Agora, estamos na fase inicial de desenvolvimento do projecto», acrescentou. No entanto, ainda poderá levar vários anos para que a lente chegue ao mercado. Os médicos afirmam que essas lentes poderiam ser bastante úteis porque muitos pacientes estão já bastante saturados de picar o dedo para realizar análises. Os resultados preliminares mostram que os diabéticos podem usar o tipo de lente que a CIBA deseja fabricar para medir a glicose com a mesma comodidade que as pessoas sem diabetes, de acordo com a empresa. «Várias equipas de cientistas procuram a melhor maneira para que os pacientes possam medir o açúcar no sangue e controlar os níveis de glicose com o método menos agressivo», disse o porta-voz da empresa, acrescentando que não interessa apenas a maneira mais eficaz, mas também a mais confortável. Sanford Asher e o professor de Pediatria David Finegold planeiam colocar o sensor de lágrimas nas lentes de contacto. Deste modo, os doentes poderão, assim, determinar os seus níveis de glicose apenas olhando ao espelho e comparando com a cor que aparece num gráfico. As graduações ainda precisam ser determinadas, mas já se sabe que o verde significa que o nível de glicose está normal, o vermelho indica que está muito baixo e o violeta, que está excessivamente alto. O material para a lente está elaborado e patenteou e os investidores interessados não param de aparecer.Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.