Leite pode abrandar progressão da osteoartrite do joelho

Estudo publicado na revista “Arthritis Care & Research”

09 abril 2014
  |  Partilhar:

O consumo frequente de leite sem ou com baixo teor de gordura pode ajudar a travar a progressão de osteoartrite do joelho. O artigo publicado na revista “Arthritis Care & Research” refere ainda que, por outro lado, o consumo de queijo aumenta a progressão desta doença e a ingestão de iogurte parece não ter qualquer impacto na osteoartrite do joelho.
 

A osteoartrite é uma doença degenerativa comum que provoca dor e inflamação nas articulações das mãos, ancas ou joelhos. Apesar de a evidência médica sugerir que a obesidade, os danos na articulação e a prática repetida de alguns desportos serem considerados fatores de risco da incidência da osteoartrite do joelho, os riscos associados com a progressão da doença ainda não estão perfeitamente estabelecidos.
 

“O consumo de leite desempenha um papel importante na saúde óssea. Este é o maior estudo sobre o impacto do consumo de produtos lácteos na progressão da osteoartrite do joelho”, revelou, em comunicado de imprensa, o líder do estudo, Bing Lu.
 

Neste estudo os investigadores do Hospital Brigham & Women, nos EUA, contaram com a participação de 2.148 indivíduos com osteoartrite do joelho, dos quais 888 eram homens e 1.260 mulheres. No início do estudo foram recolhidos os hábitos alimentares dos pacientes e medida, através de um raio-x, a altura do espaço articular. Os pacientes foram avaliados ao fim de 12, 24, 36 e 48 meses.
 

Os investigadores dividiram os participantes em função da quantidade semanal de leite ingerido, tendo formado quatro grupos: nenhum consumo, menos de três copos, quatro a seis copos, e mais de sete copos. Os cientistas apuraram que à medida que o consumo de leite aumentava, a altura do espaço articular nas mulheres diminui 0,38 mm, 0,29 mm, 0,29 mm e 0,26 mm, respetivamente. Estes resultados mantiveram-se inalterados mesmo após os investigadores terem tido em conta a severidade da doença, índice de massa corporal e fatores dietéticos. Por outro lado, não foi encontrada nenhuma associação entre o consumo de leite e a diminuição do altura do espaço articular no caso dos homens.
 

“Com o envelhecimento da população e o aumento da esperança de vida, há uma necessidade urgente de encontrar métodos eficazes para o controlo da osteoartrite. Este estudo demonstrou, pela primeira vez, que o aumento do consumo de leite sem ou com baixo teor de gordura pode abrandar a progressão de osteoartrite nas mulheres, as quais são particularmente afetadas pela osteoartrite do joelho, a qual pode conduzir à incapacidade funcional”, comentaram os investigadores Shivani Sahni e Robert McLean que não fizeram parte do estudo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.