Leite adulterado mata bebés chineses

Produto foi produzido no país

21 abril 2004
  |  Partilhar:

Até 50 bebés chineses terão morrido em consequência do consumo de leite em pó adulterado, avança o site da televisão britânica BBC. Pelo menos 200 crianças da província de Anhui sofrem ainda os efeitos da má nutrição depois de terem sido alimentadas com produto de qualidade inferior, fabricado no próprio país. De acordo com o jornal chinês China Daily, em causa está uma série de produtos lácteos em pó, produzida na zona de Pequim e na Mongólia. O primeiro-ministro do país, Wen Jiabao, já anunciou um inquérito à tragédia, e prometeu castigos severos para os fabricantes. Os bebés sofrem de uma patologia que leva a um crescimento anormal da cabeça em comparação com o corpo, além de um emagrecimento progressivo. Os investigadores ainda não conseguiram averiguar se o leite adulterado contém algum ingrediente tóxico. No entanto, o seu baixo valor proteico e de outros nutrientes necessários ao desenvolvimento das crianças torna-o pouco diferente de água, avançou uma fonte médica. Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.