Leguminosas ajudam a diminuir “mau” colesterol

Estudo publicado no “Canadian Medical Association Journal”

10 abril 2014
  |  Partilhar:

O consumo de uma porção diária de feijão, ervilhas, grão-de-bico ou lentilhas pode reduzir significativamente o “mau” colesterol e consequentemente o risco de doença cardiovascular, dá conta um estudo publicado no “Canadian Medical Association Journal”.

 

De acordo com o líder do estudo, John Sievenpiper, o consumo diário destas leguminosas pode diminuir o colesterol LDL em cerca de cinco por cento. O investigador acrescenta que isto se traduz numa diminuição de cinco a seis por cento no risco de desenvolvimento de doença cardiovascular, a principal causa de morte na população portuguesa, tal como em todos os países europeus e nos EUA. 

 

De forma a chegarem a estas conclusões, os investigadores do Hospital St. Michael, nos EUA, fizeram uma revisão de 26 ensaios clínicos que incluíram 1.037 indivíduos. Foi também verificado que os homens apresentaram, comparativamente com as mulheres, uma diminuição mais acentuada nos níveis de colesterol LDL. Este achado pode ser justificado pelo facto de as suas dietas terem uma qualidade mais baixa, os níveis de colesterol serem mais elevados e consequentemente beneficiarem mais da adoção de uma dieta saudável.

 

Alguns dos participantes apresentaram algum mal-estar gastrointestinal, como diarreia ou obstipação, tendo estes sintomas se dissipado ao longo do curso do estudo.

 

O estudo refere que este tipo de leguminosas têm um baixo índice glicémico, ou seja, são alimentos que se degradam lentamente e tendem a reduzir ou substituir as proteínas animais e as gorduras prejudicais, como as gorduras trans.

 

“Temos muito espaço na nossa dieta para aumentar o consumo destas leguminosas, o qual se pode traduzir em benéficos cardiovasculares. As leguminosas desempenham um papel importante em muitas cozinhas tradicionais como a mediterrânea e a do sul da Ásia, apresentando adicionalmente um baixo custo”, conclui o investigador.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.