"Legionella" não impede portugueses de ir às Jornadas Olímpicas da Juventude
16 julho 2001
  |  Partilhar:

 

O chefe de missão para as Jornadas Olímpicas da Juventude, Manuel Boa de Jesus, reiterou ontem a presença portuguesa em Múrcia (Espanha), à excepção do futebol, após reunião com as diversas federações na sede do Comité Olímpico de Portugal (COP).  

 

anuel Boa de Jesus manifestou "esperança que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) reconsidere" a decisão de não participar no evento, entre 22 e 26 de Julho, com a selecção de sub-17, tomada na sequência da surto de "legionella", bactéria responsável pela doença do legionário, que assolou a região.  

 

O chefe de missão e a comissão médica do COP deram ontem conta aos representantes das federações que têm atletas convocados para a prova, existirem "garantias de que a situação está controlada", aguardando "o mais brevemente possível" a decisão final da direcção FPF.  

 

 

Lusa  

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.