Laser de discotecas pode prejudicar a visão

Ingleses lançam o alerta

28 dezembro 2004
  |  Partilhar:

  Os lasers utilizados em discotecas e bares nocturnos podem prejudicar a visão dos seus frequentadores, advertiram os cientistas.  A Comissão Nacional para a Protecção Radiológica da Grã-Bretanha disse que os raios usados são suficientemente poderosos para causar lesões graves. Segundo o órgão, o custo do equipamento que produz laser caiu bastante, permitindo que bares e discotecas pequenas possam utilizá-lo.A comissão afirmou que tais produtos costumam vir com informações de segurança inadequadas e são usados por pessoas que não têm experiência em lidar de modo seguro com os lasers. Os raios laser costumam mover-se pela pista de dança seguindo um programa de computador e utilizando pequenos espelhos. Mas também podem tornar-se visíveis no ar quando há fumo de gelo seco.Os raios frequentemente são direccionados ao público, mas, segundo os seus defensores, eles só apresentam riscos à saúde quando projectados directamente no rosto das pessoas. A maioria dos lasers usados para diversão e espectáculos é da Classe 3B ou Classe 4, fortes o suficiente para serem nocivos.John O''Hagan, da comissão britânica, referiu em conferência de imprensa que lasers são usados na indústria do entretenimento há cerca de 30 anos para realçar a música ao vivo ou gravada. «Se historicamente o equipamento necessário para esses espectáculos era grande, caro e complexo, agora observamos unidades compactas a serem vendidas a pessoas inexperientes na tecnologia de laser ou, em particular, em segurança de laser.»Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.