"Kit contraceptivo" ajuda profissionais de saúde a abordar temas da sexualidade

Projecto da APF

19 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

A Associação Portuguesa para o Planeamento da Família (APF) lançou um kit contraceptivo destinado aos centros de saúde com o qual pretende auxiliar os profissionais da saúde a abordar questões relativas à sexualidade e à contracepção.  

 

O kit é constituído por uma mala onde se podem encontrar os diferentes métodos contraceptivos - preservativo masculino e feminino, pílula, diafragma, dispositivo intra-uterino (DIU) -, um manual de utilização com actividades pedagógicas e um “passaporte” destinado às comunidades migrantes, que contém informação sobre contracepção e centros de saúde.  

 

O kit, comercializado pelo valor de 75 euros, foi pensado para os centros de saúde. Em declarações à Lusa, Dinis Martins, responsável pela campanha da APF, refere que a informação do kit acabará também ”por chegar às escolas”, sobretudo pelas mãos de profissionais de saúde, uma vez que “os professores ainda estão pouco à vontade para abordar estas questões”.  

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.