Jovens que estudam são mais magras

Escolaridade parece influir na procura por um corpo saudável, indica estudo

12 setembro 2001
  |  Partilhar:

Para perder peso o melhor é voltar à escola. Segundo um estudo elaborado na Áustria, as adolescentes que pretendem emagrecer devem abandonar a dieta e voltar a viver o ambiente de liceu.
 

 

A investigação demonstrou que as adolescentes que terminam o ensino secundário tinham quase três vezes mais probabilidade em ter menos peso do que aquelas que abandonavam a escola aos 15 anos.
 

 

As razões podem não parecer suficientes, mas, segundo a líder da investigação Eva Razky, da Universidade Karl Franzen, em Graz, as raparigas que continuam os estudos possuem “um nível de educação em que não é inaceitável ser gorda”.
 

 

"Nas classes baixas, as mulheres são mais gordas porque esse facto é aceite e tolerado. Por isso, elas não precisam de provar que podem controlar o peso”, explica Razky.
 

O estudo contou com seis mil voluntárias e concluiu que 23 por cento das mulheres entrevistadas que concluíram o ensino médio ou superior tinham um peso um pouco mais baixo do que o normal. Desta investigação, cinco por cento das jovens apresentaram um peso muito abaixo do dito saudável.
 

 

Ao invés, quanto às mulheres que abandonaram a escola aos 15 anos, menos de 10 por cento tinham peso abaixo do normal. Razky também atribuiu as conclusões ao facto das mulheres com maior escolaridade estarem mais propensas a ter uma dieta saudável.
 

 

Paula Pedro Martins
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Com Informações: Reuters
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.